Colunas

Revisitando – Músicas da série Sonic

Originalmente postado no fórum Sonic Network em 06 de Setembro de 2014

Venho há algum tempo estudando a evolução das músicas dos games do Sonic ao longo dos anos. É uma série que por mais que venha vacilando em quase todas as categorias, nunca deixou a desejar no setor musical. Então, porque não dar uma revisitada?

Infelizmente, não posso falar de todos os jogos devido ao limite de postagem daqui. Por isso, dividi a franquia por “eras”. As músicas estão em link direto, só clicar para ouvir.

Era 8-bits: Master System/Game Gear

Começando pela era que fez a infância de alguns fãs mais “idosos”. Como todos os consoles de 8-bits, o MS e o GG não eram capazes de reproduzir sons de qualidade, mas isso não os impediu de deixar alguns temas grudados na sua cabeça. Diferente do que se acha, não são todas versões 8-bits de suas “counterparts” no Mega Drive. A Sega fez um ótimo trabalho, dando-as muita autenticidade, principalmente nas fases diferentes das presentes no Mega. Elas tem um “charme” que dura até hoje (além de darem ótimos ringtones para celular).

Destaque para Sunset Park – Sonic Triple Trouble, Bridge – Sonic TH, Dark Valley – Sonic Drift 2, Spring Yard – Sonic Drift, Mecha Green Hill – Sonic Chaos e Sky High Zone – Sonic TH 2.

Era 16-bits: Mega Drive/Sega CD/32X

A era de ouro do ouriço também foi marcada pelas trilhas sonoras excepcionais. Todos os fãs, especialmente os que viveram a época, lembram com alegria do som “pesado” e meio robótico do Mega Drive. O Mega não tinha uma placa de som extravagante, como o SNES, mas as músicas ainda assim agradavam muito, marcaram época e eram ainda mais viciantes que as de 8-bits. Com a chegada do Sega CD e do 32X, as músicas da série ganharam um diferencial para a época. Knuckles’ Chaotix tem músicas muito belas no fracassado 32X e Sonic CD tem uma OST sensacional.

É uma seleção muito difícil de fazer, muito mesmo. Tem muitas músicas excelentes, mas separei algumas das minhas preferidas pessoais: Flying Battery Zone Act 1 – Sonic & Knuckles, Chemical Plant Zone – Sonic TH 2, Angel Island Zone Act 2 – Sonic TH 3, Diamond Dust Zone Act 1 – Sonic 3D Blast, Marble Zone – Sonic TH, Wacky Workbench Bad Future – Sonic CD, Toxic Caves – Sonic Spinball e Isolated Island – Knuckles’ Chaotix. Com menção honrosa ao Sonic Boom (o original, não aceite imitações!)

Era “morta” – Sega Saturn

O Sega Saturn foi um fiasco em termos de games do Sonic. Recebeu apenas 3 games: Sonic R, uma versão de Sonic 3D Blast e a coletânea Sonic Jam.
Mas não estamos aqui pra discutir a qualidade dos games, não é? Os games do Saturn receberam uma gama de músicas extraordinárias! Sério, uma das melhores da série toda! Isso cria um total contraste com a qualidade dos jogos, mas… deixemos isso pra lá.
Sonic R possui uma trilha sonora admirável. Músicas cantadas e muito bem trabalhadas, com destaque para Can You Feel The Sunshine, Living In The City e Super Sonic Racing. Uma das minhas trilhas sonoras de games preferidas, mesmo não sendo nem de longe, meu estilo musical.
Sonic 3D Blast ganhou músicas muito diferentes das presentes no Mega Drive. O que é ótimo, visto que o Saturn era bem mais potente na área sonora. Volcano Valley Act 1, Rusty Ruin Act 1, Diamond Dust Act 2 entre outras, dão um ar mais descontraído e épico as fases.

Nova era – Dreamcast

Os anos do ouriço no Dreamcast foram marcados principalmente pelo Hard Rock, um belo presente da banda americana/japonesa Crush 40. Jun Senoue e sua ilustre banda contribuíram com hits da série que marcaram a época do Dreamcast e são muito bem lembradas até hoje. Sonic Adventure começou a tradição, com músicas como Open Your Heart, Run Through The Speed Highway, Azure Blue World e Red Hot Skull. Possuí até algumas músicas tribais como Mystic Ruin e algumas épicas como Militant Missionary.

Sonic Adventure 2 seguiu com a onda, adicionando ainda mais do bom e velho Rock n’ Roll, com algumas pegadas Techno, ou seja, ficou mais a cara do Crush 40. Highway In The Sky, Mr. Unsmiley, Won’t Stop Just Go e That’s The Way I Like It ilustram bem isso. Knuckles ganhou um estilo mais voltado para o Rap, como em A Ghost’s Pumpkin Soup. Claro, não esquecendo de citar também as ilustres Escape From The City e Live & Learn.

Sonic Shuffle possui algumas músicas em estilos variados, típicas de jogos de party, como Seven Forest e Blizzard Of Coast.

Portáteis I – GBA/DS/PSP

Quando Sonic começou a aparecer nos portáteis da Big N, as músicas tentaram seguir a linha dos clássicos. Mesmo com a superioridade técnica do Game Boy Advance, as músicas não tem o apelo das do velho Mega Drive. Mesmo assim, são muito boas e lembram os estilos das clássicas. Ice Mountain Act 1 – Sonic Advance, Music Plant Act 1 – Sonic Advance 2, Character Select – Sonic Advance, Sunset Hill Zone Act 1 – Sonic Advance 3, Route 99 Act 1 – Sonic Advance 3, Sky Canyon Act 2 – Sonic Advance 2, Toy Kingdom – Sonic Advance 3, Techno Base Act 1 – Sonic Advance 2  e Battle Highway – Sonic Battle são algumas delas.

No Nintendo DS, Sonic Rush tentou um estilo mais moderno, mais puxado para a música eletrônica. What U Need, Right There Ride OnMetal Scratchin’  e Ethno Circus são alguns exemplos.

A série Rivals voltou bastante ao estilo Crush 40, com um Metal no estilo Techno, como em Sky Park Act 1, Meteor Base Act 2, Mystic Haunt Act 1, Forest Falls Act 2 e Chaotic Inferno Act 1.

Era Consoles Multiplataforma – PS2/GCN/XBX/PC

Em sua estréia multiplataforma com Sonic Heroes, a Sega procurou manter a linha dos anos Adventure. Jun Senoue estava de volta e compôs a magnífica OST do Sonic Heroes. What I’m Made Of, Seaside Hill, Rail Canyon, Frog Forest, Egg Fleet e Power Plant são algumas de minhas prediletas.
Shadow The Hedgehog veio logo em seguida, com participação do Crush 40 mais uma vez. Para combinar com o personagem, a trilha sonora ganhou um som mais Dark, também puxado para o Metal/Techno. Destaque para Glyphic Canyon, Prison Island, Sky Troops e é claro, a música tema I Am… All Of Me.

A excepcional trilha da série Riders seguiu o estilo que se iniciou em Sonic Rush. Techno e rápidas, as músicas da série Riders são bem pegajosas. Temos Splash Canyon, Green Cave, Sega Carnival, Aquatic Time, Sealed Ground, Gadget Round e as clássicas músicas tema Sonic Speed Riders e Un-Gravitify, de Sonic Riders e Sonic Riders Zero Gravity, respectivamente.

Bom, o post já tá longo então o resto ficará para a parte 2, onde a começar por… urgh Sonic ’06, revisitarei os games mais recentes do Sonic, a começar pelo PS3/360.
Como dito antes, não dá pra falar de todos os games muito menos de todas as músicas, então sei que deixei alguns de lado.
Um dos meus critérios de seleção é a qualidade da trilha sonora como um todo, não apenas por uma ou duas músicas. É uma seleção pessoal e foi muito difícil de fazer, afinal tive que ouvir todas as OSTs por completo e existem ainda muitas músicas incríveis que mereciam ser incluídas.
De qualquer maneira, se você achar que esqueci de alguma música ou game em especial, comente aí e atualizarei o post!

Fontes: Kingdom Hearts Insider e Sonic Stadium

Sobre o autor

Liars

Um fanático por filmes de terror e heavy metal… Ah, e Sonic claro!